Tags

, , , , , , , , , , , , ,

Longboard ganhou a atenção feminina e requer cuidados com a saúde  para ser praticado. No Facebook ele ganhou a página destinado ao público


Adrenalina e velocidade são características do Longboard. Um esporte que foge do convencional tem atraído muitas meninas, principalmente da baixada santista. “Cherry Longirls” é uma página criada na rede social Facebook para incentivar as meninas da cidade a se arriscarem mais.

Não se sabe ao certo a origem do esporte, mas reza a lenda que o longboard surgiu no Brasil em terras tupiniquins no final da década de 70, com o objetivo de dar dimensão ao skateboard.

Mas, se engana quem considera o esporte ‘coisa de menino’. Há 12 anos se aventurando nas ruas, a santista Renata Rocha foi uma das mulheres pioneiras no esporte, na cidade. A paixão é tanta, que mesmo trabalhando na área da saúde teve a ideia de criar a “Cherry Longirls”. “A página virtual foi criada para atrair mais mulheres para ao longboard, uma forma de encorajar e mostrar que há muita mulher que pratica”. Explica.

Renata conta que quando começou não teve ajuda de ninguém, andava porque gostava e mesmo com os meninos olhando e caçoando dela, ela não desistiu. “Na época, alguns meninos me olhavam de cara feia enquanto eu me divertia, mas de dois anos pra cá o longboard está se espalhando e eu fico feliz em ver as mulheres se arriscando mais no esporte. As meninas têm potencial”. Conta.

Uma vez por semana cerca de 10 a 15 meninas marcam encontro para se ajudarem na busca do movimento perfeito. “As meninas têm evoluído muito rápido, comparecem sempre nos encontros. É muito legal ver o progresso. Elas perderam o medo e se dedicam. Alguns meninos também comparecem e nos ajudam”. Fala animada.

Esporte saudável

Renata é pedóloga e sempre dá um auxilio ao pés machucados das meninas. “Dou dicas sobre os tênis, que são melhores para a prática do esporte, sobre os cuidados com os pés e o calçado por questão do suor, etc. além de puxar os pés das meninas para elas se alongarem e beber bastante água durante a prática. Sou da área da saúde, isso faz parte”. Alerta.

O vendedor da MTtrês Skateshop, Rafael lembra da importância dos equipamentos de proteção. “É fundamental usar capacete, joelheira e luva, porque é um esporte que tem como principal aliado a velocidade. Quanto mais velocidade você pega para fazer as manobras, melhor é”. Alerta.

Fotos Arthur Luiz

Anúncios