Tags

, , , , , , , , ,

Disputas judiciais relacionadas ao mercado da moda têm crescido

Preocupados com a questão do uso da imagem, designers, estilistas e empresas do segmento passaram a dar mais atenção a questões contratuais e legais, impulsionando o desenvolvimento de um novo ramo do direito, o Fashion Law.

O Fashion Law ganhou destaque nos Estados Unidos e na Europa onde é possível encontrar escritórios de direito especializados na área e universidades que oferecem esta como disciplina. A Fordham Law de Nova York foi a primeira instituição de ensino a oferecer o curso de Fashion Law criando um instituto para aproximar o mundo fashion do mundo jurídico, unindo designers, estilistas e advogados.

“O mercado da moda movimenta bilhões de dólares no mundo e envolve diversos profissionais e empresas para que se torne desejado. Por isso, a tecnologia se tornou uma ferramenta importante para a divulgação de marcas, produtos, imagens e até pessoas, mas também uma grande preocupação. Ou seja, algumas campanhas e fotos criadas para um fim específico acabam sendo reutilizadas sem a devida autorização, causando perdas e até danos morais ao envolvidos”, pontua a advogada Mariana Valverde.

Foto: Reprodução

Anúncios