Tags

, ,

Achei essa citação compartilhada no facebook do Lucas Côrtes. A foto que ilustra os versos de Xico Sá é esta, mas pode retratar qualquer mulher com mais de 18 anos, basta ter estilo.  

Levo minha pequena na calçada, pelo lado de dentro, o da parede, que é o lugar da moça no passeio público, que é o lugar que diz o status do enlace para o mais lesado dos transeuntes.

Levo porque levar é o verbo da hora, a grande função do bicho macho contemporâneo nesses tempos de frouxidões e covardias no atacado e no varejo, no prêt-à-porter, na alta costura ou na feira da sulanca.

Levo de avião ou de busão, mas sempre mantendo a classe, levo, porque o resgate do cavalheiro roots está no levar a dama na riqueza ou no pé-sujo, na cachaça ou na campanhota, no free jazz ou no bolero, levar a moça, inclusive, para conhecer as nossas contradições, talvez a maior fortuna crítica de um homem.

Levo ao parque, ao picnic, você bonita como aquela moça da blusa quadriculada do filme Blow-up.

Ser homem de verdade pressupõe a conjugação do verbo levar como oração de todas as manhãs.

Xico Sá.

Anúncios