Tags

, , , , , , , ,

Casa se Norman Prochet será demolida para construção de prédio comercial até o final do ano e o Chris conta tudo para gente

Os murmurinhos começaram quando o recado foi dado. Chegou a hora de a La Peluqueria sair da Rua Paranaguá, 1717 e tomar novos caminhos. Há cinco anos no mesmo endereço, o salão de cabeleireiro atrai todos os estilos de pessoas, além de oferecer espaço para abraçar outras novas ideias, como a do tatuador Eduardo Berbel e a Inbox loja colaborativa.

A casa com estilo anos 50 foi do esportista Norman Prochet. – Para quem não sabe quem foi Norman Prochet, nós explicamos. Ele organizou a primeira corrida de carros aqui em Londrina na década de 60, aonde competiam Londrina e Apucarana. Anos mais tarde a construção do Autódromo da cidade foi realizada -. Mais um monumento histórico da cidade será demolido para se tornar um centro comercial, entretanto ele já era um salão de beleza ao invés de ser um museu.

Enfim, o fato é que o dono do imóvel o alugou. E agora uma nova mudança vai acontecer ao lado do Bar Varanda,a comodidade e o estilo vintage que tínhamos quando íamos o cabelo será perdido, pois, afinal de contas o Chris conservou a casa com muito amor, carinho e cultura.

O Blog MNB deve uma conversa com o idealizador da La Peluqueria, Christian Ferreira de Amorim, 33, que trabalha na cena há 14 anos, que nos contou sobre a mudança, divulgou algumas novidades e disse que o novo salão terá surpresas!

@ModaMNB: Chris, o que você vai levar para o novo espaço?

#Chris Amorim: Então, essa era a minha maior preocupação. Dê uma olhada nas paredes são todas de madeiras, um estilo meio vintage, anos 50 sabe?! Eu gosto disso. Esses dias eu participei da palestra de abertura do Prêmio Londrina Arte Contemporânea [que aconteceu na Casa de Cultura de Artes Plásticas da UEL] e me abriu muito a mente. Depois da palestra eu consegui observar a casa de outro jeito. O salão tem esse ar anos meio anos 50 e quando as pessoas vêem esse lugar elas se libertam de valores, pré-conceitos, etiqueta, qualquer tipo de estereótipo humano, sabe?! A La Peluqueia tem essa cara. Se você analisar, vai ver que é a casa quem tem essa pegada cinquentinha, mas nós oferecemos esse clima de conforto…

@ModaMNB: Essa cara de ser a casa da gente, de ser família?

#Chris Amorim: Isso! Tem cara de casa de família. Entende?! Só para você te ideia, tem gente que chega aqui senta ali no sofá e fica lendo revista. Eu não gosto de revista de fofoca, aqui tem revista de cultura, desgin, arquitetura, revistas de outros países, que as clientes viajam e trazem para gente… Ah, e todo mundo que está aqui trabalhando comigo eu vou levar junto, mas já adianto, vai ter gente nova desfilando por lá! [risos]

@ModaMNB: Mudanças te assustam Cris?

#Chris Amorim: Assustam um pouco sim, mas para esta nova fase da La Peluqueria vamos oferecer diversas novidades. Quero um lugar mais clean, mais iluminado, vai ter estacionamento, quero colocar mais redes…

Neste momento conversávamos sentados nas cadeiras na frente da casa e fomos interrompidos pelo último cliente do dia, o Dhiego que é casado com a Manu. Eu falei “vamos entrar nós continuamos nossa conversa lá dentro”. Ele respondeu “pode ser, por que é só assim mesmo para você falar comigo”, ou seja, com tesouras e concentração ao alto. Os deixei por um instante e fui tirar umas fotos olha quem ainda estava lá organizando as coisas:

Na volta, Manu estava sentada no sofá aguardando o marido finalizar o corte e dei continuidade na entrevista:

@ModaMNB: Chris quais redes você estava a falar?

#Chis Amorim: Ah sim, as redes… Redes de descanso, como aquela ali! [e apontou para o lugar do qual estava a rede.  Neste momento eu confessei ter quase deitado nela lá fora, só não o fiz porque saberia de por ali eu ficava]  Risos … Devia ter deitado ela está lá para isso! [fiquei tímida, mas ele continuou]. É isso que eu não vou deixar que se perca no novo lugar, essa extensão do nosso lar. Vou continuar trabalhando também com o lado zen, o interior das pessoas. Olha a Manu ali, descansa, esperando eu terminar aqui! Quero que continue assim sempre!

@ModaMNB: E as novidades para o novo espaço? Já sabe em qual lugar será novo salão?

#Chis Amorim: Ainda não definimos para qual lugar vamos mudar, mas o telefone continuará o mesmo [43 3344-4238]. Não posso contar muita coisa, mas posso adiantar que será aqui por perto, não vamos tão longe não e também terá estacionamento na frente.

@ModaMNB: E vai ter festa de lançamento Chris?

#Chris Amorim: Vai ter coquetel de lançamento, claro, mas ainda não posso falar mais coisas. da nova casa da La Peluqueria e também terá estacionamento na frente.

@ModaMNB: Conta mais Chris…?!

#Chris Amorim: Ai! Não posso, é surpresa. Se eu ti contar vai estragar a surpresa. [Eu resmunguei, mas insisti em tentar tirar mais algo dele…]

@ModaMNB: Mas o trabalho cultural e coletivo que a La Peluqueria faz vai continuar né?!

#Chris Amorim: Vai sim, claro. Já apresentamos seis curtas, várias peças de teatro foram realizadas em parceria com a KUNCATE e a KINOARTE, vários desfiles, editoriais, além dos trabalhos que a equipe

realiza também né… Já fizemos catálogos para a Audithorium, Pura Mania, Fiorucci, entre outros. Ah, o novo salão também terá uma proposta ecológica, mas eu ainda não posso falar qual será. [ele riu …] Calma, aguarde, eu vou ti convidar para a festa de lançamento e você verá como vai ficar.

Coisas legais a venda:

Esse creme é milagroso gente, ainda mais para quem tem cabelo cacheado. Fora que ele é super cheiroso!

Esse creme é milagroso gente, ainda mais para quem tem cabelo cacheado. Fora que ele é super cheiroso!

Em uma das viagens o Chris trouxe as galinhas artesanais do Serrado do Sertão de Goiás, lindas e muito simpáticas.

Em breve novidades!!

Fotos Maíra Palmieri

Anúncios