Tags

, , , , ,

Roberto Marchetti dá dicas de como entrar no mercado de trabalho e no mundo da Fast Fashion

“Quem quer se estabilizar no mundo da moda tem que trabalhar muito, tem que levantar a bunda da cadeira e ir atrás, como dia meu pai dizia: Ninguém vai bater em sua porta com o pote de ouro na mão”. Foi assim que a primeira palestra do ciclo da Semana de Moda da Universidade Santa Cecília [Unisanta] começou, com o gerente de produto e marketing da Blue Bay, Roberto Marchetti.

O tema abordado ontem, dia 21 de setembro, foi a Fast Fashion [Moda Rápida]. Roberto Marchetti esclareceu a lógica, o termo e como ele usa esse fenômeno fashion na prática. “Você tem que estar na rua, por exemplo, eu busco, fuço e caço moda 24h por dia, viajar também ajuda muito. Eu estou sempre viajando. Considero Londres o coração da Moda porque lá ninguém é igual, cada um busca a sua própria identidade, essa é a diferença. Conhecer os concorrentes também ajuda muito, ver o que eles estão fazendo para criar algo novo e atender aos clientes”.

Ele ainda deixa uma dicas de nichos de mercado que anda encontrando, devido tanta viagem. “Se fosse para eu investir, investiria no Plus Size, aqui no Brasil cerca de 63% da população está a cima do peso. O público GLS também é um ótimo alvo, eles são exigentes e a maioria é bem sucedido. Roupas para bebes é outro bom investimento, no Norte do Brasil, a indústria infantil não é muito boa e é o lugar onde mais nasce crianças”.

Para Marchetti, o consumidor em geral passa pela evolução de “achatamento de classes sociais’, aonde os compradores não são separados por classes sociais – A, B e/ou C – o que importa é que todos consomem moda. Mas, ele frisa que o cliente dominante é a “massa”, já que as pessoas de maior poder aquisitivo podem consumir esta Fast Fahion fora do Brasil, pagando ainda mais barato do que aqui.

Além de considerar a China como o país mais eficiente em produção têxtil, Roberto alerta o mercado para a loja de Fast Fashion chinesa, Forever 21. “Eles fazem o que o consumidor quer, eles fazem “mini lançamentos” de produtos de 10 em 10 dias, com Making Of, Loobook e mini editoriais”.

Para encerrar, Marchetti deixou a dica de alguns livros:

  1.  De Zero a Zara – Xavier R. Blanco (conta história da Zara)
  2. O mundo é plano – Thomas Friedman
  1. http://www.luizmarchetti.com/
  2. PEP – Programa de Eficiência Pessoal – Kerry Gleson
Anúncios